Seguidores

quinta-feira, 10 de março de 2011



Embalados pelo rio,
Os Rabelos cansados dos olhares das Gentes,
Adormecem ao cair da noite,
No seu Porto de abrigo!
.
Vão esquecendo o frio do Inverno,
Com as luzes da cidade que os aquecem...
.
Vão saboreando o vento,
Com aroma a liberdade...
Texto de: Rita Palma

6 comentários:

Joao Mourão disse...

Fabulosa nocturna da foz. Parabéns.

Pedro disse...

esta foto deixou-me com saudade dos tempos que vivi neste sitio lindo de gentes tão únicas como é o porto, grande foto

seva disse...

Magnifica nocturna con una luz y un encuadre excelentes, un fuerte abrazo desde Reinosa Rita.

Anónimo disse...

Longa se torna a espera…
De viagens perdidas no tempo…
Nas noites frias cobertas de silêncio...

E… Olhando os barcos na outra margem… naquela hora tardia, junto do mais antigo lampião, vejo a foz.

Longa se torna a espera… Das viagens sem princípio nem fim…

Espectacular fotografia.
Continua assim, beijos grandes…
Adrt Mt… Nuno Soeiro

Raquel Braga disse...

Grande nocturna. Vou seguir

André Almeida disse...

Um nocturno bem medido!